Consciência Geometria Sagrada Meditação

Criação

Há um tempo atrás postei umas informações de como sintonizar com a estrutura geométrica do universo e vim vos atualizar, até porque muita percepção nova chegou sobre esse ” o que é a geometria sagrada ” que venho estudado experimentalmente e teoricamente por um tempo.

Essa imagem representa muito o que tenho imaginado.
A partir do momento em que o primeiro pulso de vibração original da Mente se expande, afim de experimentar a si mesmo de outro ângulo, nesse mesmo momento a Mente cria um novo ponto de vista, um oposto, surge a polaridade.

Muitos pensam que polaridade é falar de coisas opostas , mas a verdade é: os pólos são parte de um único eixo, como o eixo do planeta Terra com Norte e Sul. Essa polaridade inicial de vibração converte-se então em partículas, e átomos, células, moléculas, organismos, todas criadas a partir desse princípio primordial sempre manifestando a sua vida para buscar o equilíbrio de ser pólos , criando cores, sensações, som…diversas possibilidades, não importa se esta fazendo de forma consciente,inconsciente ou subconsciente.

A polaridade na geometria sagrada é o fluxo torus, a corrente de energia magnética expansiva girando espiralmente para cima e a corrente elétrica se contraindo para baixo. É a partir dessa forma que alimentamos o corpo físico e sua energia que passa por todos os chakras, os quais nos mostram diferentes percepções do ser espiritual que somos.

Vale lembrar que quando estou dizendo “ser espiritual ” não está se referindo a ser um iluminado, até porque quem busca por essa ilusão é o ego fragmentado. Quando integramos o ego como parte de quem somos, como um sol que brilha sua própria luz lembrando que os outros são luz também, essa idéia de espiritualidade se dissolve e você começa a experimentar a sua vida de uma forma mais profunda , respirando e dando vazão a sua criatividade infinita.

Nesse tempo que estive quase ausente das redes sociais, aproveitei para viver mais a vida do tato, do olfato, do som, senti tantas emoções, observei as vibrações diante das circunstâncias… tudo que eu acreditava entrou em espirais de fogo e se dissolveram em sua luz… me vi em meio a uma escuridão infinita, tantas possibilidades havia nessa escuridão, eu vi o quanto era grande e comecei a sentir que eu não era daqui, eu deveria ser d algum lugar além…

Eu Sou: Toda sua vida humana é um sistema solar e você é o Sol e ao mesmo tempo todos os planetas e satelites. E Parece que você se perdeu no cinturão de asteroides, foi um pouco adiante e entrou em ressonancia com a energia de Saturno e Jupiter, os planetas expansivos do seu ser… Jupiter fala de propósito e Saturno te mostra a espiral do tempo, seus padrões do passado.

Eu: Achava que meu propósito era ajudar as pessoas, sempre tive isso em mim. Quando eu era criança eu queria ser veterinária, depois que cresci um pouco eu me fascinei pelo universo, pelos planetas, sempre me trouxe essa sensação de ir ao infnito… de explorar o universo… Aos poucos essa paixão foi se moldando e entrei numa fase obscura da vida, acredito que até hoje essa fase ainda tem estado em mim de uma forma muito subliminar…

E qual é o seu propósito?

Eu tenho morrido e renascido tantas vezes para esse conceito que eu nem sei… Há 3 anos atrás fui apresentada a uma técnica de reprogramação de DNA com uma instrutora quântica chamada Elaine Ourives…desde então eu descobri a infinidade do meu ser, fui buscar entender o que era energia e vibração e como isso moldava a realidade e como mudou mesmo depois que fiz 21 dias de reprogramação… acredito que nesse tempo eu estava em Jupiter. Estava descobrindo minha primeira ideia de propósito. Fiquei maravilhada em saber que somos co-criadores de nossa realidade e que podiamos vibrar amor e viver um mundo de amor. Nesses dias eu conheci a prmeira ideia do Eu Sou…pra falar a verdade eu não fazia ideia do que era essa afirmação, eu so vibrava ela através do som e esperava por sentir ela na minha realidade, que parecia totalmente caótica e fragmentada, cheia de acontecimentos que se eu dissesse seria dificil de acreditar…

Você não precisa que ninguém acredite em você.

Eu: continuando… senti ali que meu propósito era ajudar a levar essa informação as pessoas e partir dai aconteceram tantas sincronicidades, novas experiências, eu me joguei na meditação para saber pela experiência o que era isso, o que era essa energia infinita, o que é o universo? tantas perguntas foram surgindo e minha mente aquariana estava se sentindo renovada e se expandindo em varias direções… Foi quando experimentei pela primeira vez a medicina ayahuasca que me levou através de todos os sentidos a vivenciar todos os conceitos que eu havia estudado… foi quando caiu a ficha da multidimensionalidade do ser e como limitamos tudo por causa de apenas uma parte… Consagrei outra vez, e a planta me mostrou dessa vez meu segundo conceito de propósito… o de me ajudar… lembro me até hoje do mestre do ritual dizendo: ” Só podemos ajudar quando nosso copo está cheio.” Eu chorei tanto esse dia… porque vi que não só eu tinha o padrão de pensar sempre nos outros primeiro antes de mim, mas também varias pessoas da minha familia era assim… ai eu senti todo peso que estava carregando, sentia uma profunda dor nas costas… a capricorniana estava carregando tantos pesos desnecessários na subida da montanha, pesos que podiam ser desapegados, divididos… eu pegava tudo pra mim.

Eu sou: E ai seu propósito se tornou se cuidar.

Eu:Sim e ainda está sendo,e confesso ser um desafio. O que é autocuidado?

Eu Sou: autocuidado é cuidar de si mesmo. Não só de forma estética, mas o mais essencial: observar a si mesmo. A sua vida é um jardim e se você não presta atenção as plantas ali que precisão ser cultivadas, regadas, podadas, irão morrer e você se tornará um solo infértil. Cuidar de você é lembrar que cada emoção, pensamento, situação, pessoa, lugar, animal, mundo, universo… é você. E se você não cultiva nenhuma dessas partes desse grande jardim estará obstruindo um grande canal de energia que flui para a criatividade, estará bloqueando sua capacidade de fertilizar a sua vida, seu verdadeiro propósito.

Eu: O que é propósito? O que é o plano de tudo que existe?

“Eu Sou: Plano vem de ”plat” que significa estender, e por sua vez vem de “lat” que significa “plano” ou “pelët” (plano). A palavra fala de tudo que se expande, se move, se estende e se ramifica. Planta, Planeta, Plano, Plano, Plasma, Piano, Planisfério, Paladar, Palma. 

O universo é um unico ser que se expande e se ramifica, se move, vibra…

Agora compreendo o torus, é a grande árvore da vida.

“…O Plano Universal …

Galáxias são aglomerados de compostos e elementos químicos que se expandem e se movem pela gravidade …

… O Plano Galáctico …

A Terra, como outros mundos, gira em torno de si mesma, se move pelo espaço erraticamente cambaleando em torno de um sol, uma estrela, espalhando-se, ramificando vida em constante evolução …

… O Plano Terrestre …

um humano, com sua mente inteligente, encontrou os códigos de expansão, viu como as coisas se movem e interagem umas com as outras com uma lógica fractal. Então, ele entendeu como administrar o tempo e planejou os estágios cíclicos temporários.

… Calendário …

Medir os ciclos do tempo é a primeira etapa do Planejamento, tendo a noção de estágios ou estações. A palavra Calendário é romana e significa “O Grito”, proveniente de “calare”, que por sua vez vem do Indo-Europeu “kel” (grito, grito, reclamação), e se refere ao grito com o qual os cobradores de impostos chamavam o porta dos cidadãos a cada Lua Nova, um momento que foi chamado de “calendas”. A nossa forma de denominar o planejamento do tempo hoje nasce da imposição dos impostos romanos …

Por outro lado, Almanaque, do árabe “al-Manakh”, refere-se às estações da Lua em frente às mansões ou casas de cada constelação (significando: “onde o camelo se ajoelha”, para) . Assim, o humano passou a dominar o tempo, carregando o que você chama de “agenda” (particípio do verbo “agere”, agendum: o que deve seguir adiante). Mas depois, ele conseguiu dominar o espaço colocando todas as coisas que estavam separadas, juntas em um lugar de forma ordenada, ou seja, uma Estrutura, do latim “Struere” (juntar, empilhar) e “- ura “(resultado). Vendo os padrões geométricos da natureza, eles começaram a espalhar as bases sobre uma mesa, em uma superfície plana e estendida para trabalhar, juntando os códigos geométricos, padrões numéricos, matrizes naturais, e reorganizando-os em um novo desenho que chamaram de “plano . ” Assim, através do “planejamento”, eles conseguiram dominar o espaço. E você sabe o que eles pensaram?

O que?

EU SOU: Que se eles puderam planejar, então toda a existência também foi planejada. O que eles viram parecia tão perfeito que criaram a ideia de uma mente capaz de planejar algo infinito, e chamaram-na de “O Primeiro Tecedor”.

O Grande Arquiteto … como o chamavam desde os atlantes aos maçons da Europa.

EU SOU: E por milhares de anos, os humanos, em sua capacidade de planejar, projetaram no cosmos a ideia de que há uma mente que planeja, que projeta, que “tem um plano para todos”, e nós somos seus trabalhadores, pedreiros …

EU: Ao dizer “projetado”, você está tentando me dizer que não há plano ou planejador?

EU SOU: Eu sei que você confiou sua existência a um Plano Divino, que por não compreender, você atribui a uma Mente superior. Eu sei que você fala do Plano de Vida, do Plano da Alma, do Plano do Espírito. “Deus tem um plano”, você costuma dizer. “O Universo tem um Plano”, ecoam aqueles que não gostam de dizer Deus, por mais que falem da mesma coisa. Você relega nossas vidas à ideia de que o bem ou o mal que acontece com você é devido à estrutura de uma mente planejadora que vive no cosmos … Mas não.

EU: Mas não …

Eu Sou: Humanos, tecelões, arquitetos, projetaram este conceito filosófico a partir de sua percepção …

ME: já dissemos que o Universo é Mente, ou seja, existe uma mente que cria tudo. Uma mente que de certa forma se busca e planeja uma rede para isso …

EU SOU: É uma Mente que se expande … Mente significa ”Pense” em Indo-Europeu (mens), que em sua opinião vem do conceito “spen”, que significa “esticar, girar.” O conceito de pensamento é a capacidade de amarrar as coisas, esticá-las, estendê-las, o que você chama de “plano”.Mente significa precisamente “aquela rede que se expande”. E a razão é a inteligência, faz parte dessa rede, inerente a ela, não externa. Quando o humano descreve o planejamento de algo, ele o faz a partir dos conceitos de separação em que vê uma pessoa, indivíduo, agente, que usa sua mente para manifestar algo no mundo externo. Essa forma de ver o mundo, projetou a mesma ideia no cosmos, a de ter uma mente externa em um ser inteligente que planeja, projeta algo externamente, separado de si mesmo.

Agora, formigas, plantas, átomos, animais, aranhas, eles usam a inteligência para moldar o mundo exterior?

Não… mas por que?

Porque eles são a inteligência encarnada. Eles são o próprio plano. O ser humano desenvolveu inteligência porque é o próprio plano. O único Plano existente no Universo é a Expansão de si mesmo na interconexão de tudo expandido. Nós somos a mente expandida, somos a teia … O Plano não é um mandato, é a natureza da expansão Deus não tem um Plano … Deus é o Plano. Sua Alma não tem plano, nem seu espírito, nem sua vida … você é o Plano. E você sabe como vai tornar isso possível?

EU: Se eu expandir …

SOY: Se você expandir … exatamente. A única coisa que torna um plano possível e coerente é quando você se permite expandir para a existência, porque se você buscar cumprir um plano, você estará agarrado às estruturas que criou, se esperar que o plano funcione, você nunca se expandirá e morrerá esperando. Se você não se expandir, as constelações, o mundo, farão de você o seu plano, manipulando sua história, condicionando-o através do grito do calendário imerso nos padrões do espaço. Mas se você expandir, você irá transcender os limites, você ficará livre do grito do tempo e será capaz de criar o seu próprio …

EU: Ser guiado pelas constelações, é então viver numa prisão …

EU SOU: É se você considerá-los como tais por inconsciência, por acreditar que não tem como escapar de um ciclo eterno de 12 casas, mas a verdade é que as constelações estão em sua mente, só você as vê. No espaço não existe tal coisa, porque as estrelas que estão juntas para você não estão realmente, algumas pertencem a galáxias distantes, outras estão muito próximas e, no entanto, só fazem sentido do seu ponto de vista. Mas o céu se move, o céu se expande … você está livre, o céu não é uma prisão de 12 celas, é um jardim que se expande em uma floresta, uma selva e você, andando em círculos em uma clareira de 12 árvores ao seu redor, você se sente preso em um plano de tempo e espaço.

EU: Você está destruindo tudo que eu considerei como meu plano de vida … o Plano da minha existência, porque estou aqui …

Agora expanda a visão de seu jardim e veja a floresta em que você vive. Sua visão do Plano, algo que você considera tão magnânimo e maravilhoso, é na verdade uma visão estreita e limitada. Não estou destruindo o plano que o move, estou lhe lembrando que você é o Plano. Você não é alguém externo que deve cumprir algo projetado, você é a mente que se tece se expandindo. Essa é a única verdade. O universo nunca teve um Plano para você, o Universo se expandiu em você para que você crie um Plano.

EU: … Liberdade … de repente, sinto a liberdade de novo … meus ombros não sentem o peso …

EU SOU: Você nunca foi escravo de nenhum plano divino ou ancestral. O Plano que você explica é você mesmo chegando dos Céus à Terra …

EU: … E voltando da Terra para o Céu … “Amma Ater Tumti” … Eu sou o Paraíso na Terra …

SOU: Esse é o único plano. Aquele que você constrói por meio da coerência do seu ser. Expanda, e você estará cumprindo o único plano divino possível …” (M.S)

Assim como os ramos e galhos de uma árvore…se expandem em unidade em direções polares para encontrar o equilíbrio em si mesmo… Meu propósito nunca foi ajudar as pessoas. Meu verdadeiro propósito é expandir quem sou e isso só posso fazer através da experimentação da minha vida, da integração de suas mensagens e da transformação de meus sentidos…

A maior ajuda que posso oferecer para os outros é abrir minha capacidade de criar, criar amor, criar o ser que está em potencial esperando para ser manifestado de forma autêntca… Somos células em um corpo chamado Terra, se nos autorreferenciarmos poderemos ativar um corpo coerente capaz de ser a tecnológia mais avançada já inventada no universo.

Mas isso é dificil porque um dos maiores conflitos humanos é que vivem na utopia, isto é, o mundo das ideias… Temos a tendência cultural de projetar o sutil como objetivo , e os sutis são projetados no denso como um caminho. Assim os seres são movidos por conceitos ideológicos, e os seres celestiais se movem por vontades manifestadas…

Temos de ir da ideologia á biologia, viver aqui e agora que é espiritual.

Eu: o que é espiritual?

Eu Sou: Espiritual vem do Latim SPIRITUS, “alma, coragem, vigor, respiração”, relacionado a SPIRARE, “respirar”. Ser espiritual então é a qualidade de respirar….

O espirito então não está nesse mundo utópico de ideias, mas antes nos pulmões, brônquios; no coração que distribui oxigênio, nas veias, arterias… a própria ação de respirar é o que nutre as células e o sistema nervoso…o movimento expansão e contração…o fluxo torus vivente…por isso as técnicas de meditação estão diretamente relacionadas a respiração, porque só através da experimentação dela em profundidade é que entendemos os movimentos de nós mesmos…

Eu Sou: Consegue perceber como os orgãos do seu corpo funcionam sem a necessidade de uma referência externa?

Eu: Sim…

Eu Sou: Isso porque seu corpo é uma estrutura de orgãos interligados e autorreferenciais. Até hoje os sistemas hierárquicos e representativos não deram sucesso na Terra porque estivemos esse tempo todo tratando as coisas ao nosso redor como separadas e distintas… Ser autorreferencial é ser como o Sol. Ser o seu próprio sol, não ficar buscando seu brilho fora, mas lembrar que ele ja é você e seu único propósito e brilhar o sol único que é…

Há pouco mais de 12 mil anos atrás os atlantes viviam a era de Leão, foi uma epóca de buscar se tornar governante de si mesmo e por isso a essa epóca é atribuido tantos conceitos de deuses e deusas, poque todos manifestavam através de seu ego integrado uma percepção autêntica do universo e isso enriquecia os saberes. As pessoas desde novas passavam por iniciações, para conhecer seu interior, antes de entender o que era navegar pelo mundo exterior. Assim eles compreenderam a natureza divina em cada átomo da existência. Reconheciam cada ser como uma extensão de si mesmo que criavam a beleza da grande floresta. Preparavam os espiritos para serem manifestações conscientes e coerentes na civilização.

Isso trás um grande insight agora que vivemos na era do oposto de leão: Não é a politica que tem de ser transformada e sim as pessoas que lhe dão sentido. Um politico deve ser humanista, buscar soluções como um ser humano.

Não é o governo que precisa mudar, e sim a forma como o estruturamos. Governo vem do grego ”kybersein”‘ que significa ”dirigir um navio”. Ou seja, seja governador de seu próprio navio, de sua própria vida. Entre no seu barco e olhe o horizonte dentro de você.

“A politica é apenas uma bussola do navio, um indicador da consciência de um povo. Liberte a mente do povo, sua alma, seu corpo, da opressão de seu ambiente. Transcenda as cadeias de seu interior e ouvirá o som sagrado de um povo consciente. A corrupção é a distorção da própria cultura e da nossa irresponsabilidade de navegar nossas vidas.”

Eu Sou: Governe a si mesmo… O sol do seu ser e todos os outros sóis desse mundo são apenas formas a mais da polaridade encontrar o equilíbrio e por causa de sua imensidão em infinitas formas, ela cria um eixo para não se perder.

O seu ego, seu Eu, esses tantos sóis… são forças que ativam a imensidão do Sou. Seu Eu é a particula que engloba todas as vibrações dispersas através da gravidade. Não estariamos aqui se não fosse por ele, ou, eu, você… Ser Sol te da a liberdade de ser quem você é, lembrando sua interconexão com todas as coisas… Deve aprender a emanar seu próprio bilho ao invés de deixar o brilho dos outros te ofuscar.

O universo é a vibração que usa a si mesmo como referência e tudo é Vibração.

Ser Sol é responsabilidade. Tudo é um sol esperando ascender. Se ascender na inconsciência, queimará tudo ao seu redor.

Quais são os meus planetas? Minha luz ilumina ou queima? Sou um sol capaz de nutrir e dar vida? Estou prestando atenção em meu próprio jardim? em meu sistema solar?

Ascender o sol em mim é ativar todas as dimensões do meu ser. O Sol é a chama, é a luz, é o tetraedro. O ser completo surge da união do negativo e positivo, o merkaba, o Eu sou.

Eu sou o fogo e ativo ilumino todos aspectos de meu ser. Eu Sou o Eu Sou de todas as formas…

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *