Consciência Jornada do coração

Jornada do coração : Intenção

A Potencialidade pura é a fonte de toda a criação que
consiste na Consciência pura. A potencialidade pura
procura exprimir o não-manifesto através do manifesto e, quando
percebemos que o nosso verdadeiro Eu é potencialidade pura, aliamo-nos
ao poder que manifesta tudo no universo.

Somos, em nosso estado essencial, consciência pura. A consciência pura é potencialidade pura, que é o campo de possibilidades e da criatividade infinita.

A sabedoria pura, o silêncio infinito, o equilíbrio perfeito, a invencibilidade, a simplicidade e a beatitude constituem outros atributos da consciência
pura. Esta é a nossa natureza essencial, constituída por potencialidade pura. Quando descobre a sua natureza essencial e sabe quem de facto é, nesse conhecimento de si próprio encontra a capacidade para realizar todos os sonhos, porque nós somos a possibilidade eterna, o potencial imensurável de tudo o que foi, é ,e será.

Não há separação entre nós e este campo de energia. O campo da potencialidade pura é o nosso próprio Eu. E quanto mais possuirmos a experiência da nossa verdadeira natureza, mais próximo nos encontramos do campo da potencialidade pura. ~ Deepak Chopra

A potencialidade pura é a essência inata de Tudo. Todos seres nascem da Vida, com o mesmo poder de manifestação dentro dela, para viver as experiências de auto-aprendizado.

Todos são em potencial um infinito canal criativo, que da luz e existência ao ínvisivel surgido na Mente.

Dentro dessa realidade, a potência criativa caminha lado a lado a intenção junto a outras energias que mencionarei ao longo do texto.

A própria palavra ‘ intenção’ tem sua origem no latim ‘ Intensio’ que significa ‘alongamento’ ou ‘ estender’. Ou seja, quando intencionamos algo estamos movimentando uma energia que já existe em potencial, estamos estendendo espacialmente a energia para que ela venha a manifestar.

Uma coisa que quase ninguém fala sobre a lei da intenção e manifestação é a Verdadeira Intenção de nossa consciência pura dentro daquilo que queremos estender á esse mundo.

A intenção, que é a energia enviada ao campo de potencialidades, é apenas metade do loop da realidade. Ela é enviada e , logo, na lei da unidade , será manifestada (o feedback) de acordo com as intenções recebidas de todos os outros seres juntos.

É importante estar aberto aos resultados de suas intenções. Eles não virão da forma que você imaginou, pois o Campo de Potencialidade as modifica de acordo com as outras vibrações recebidas e de acordo com as condições que estão no seu alcance e merecimento no momento.

Você pode não conseguir o que esperava, mas o que importa é você aprender com a experiência, pois a Totalidade do aprendizado de todos é como a Consciência Una aprende sobre sí mesmo, que é Você mesmo em essência.

Pode ser que, as vezes, você receba o resultado da sua intenção não da forma que você esperava e isso acaba sendo, automaticamente, frustrante para o seu Eu-Ego. Mas, por trás disso, está a sua Consciência Superior, que não vê separações ou distinções, te guiando no mar de causas e efeitos junto com toda sua conexão com as outras vidas, trazendo e levando aquilo que é do seu merecimento, de acordo com sua consciência e experiências; trazendo e levando aprendizados; buscando de forma inconsciente do seu Ego as mudanças e transmutações dentro do fluxo da Vida; te levando a causas e condições que vão fazer você alcançar novos ‘escalas’ se você se permitir por um momento Integrar o seu Ego, fazendo- o aceitar .

Só manifestamos aquilo que já nos permitimos viver na essência. Tudo que é Intencionado e Recebido faz parte de um outro Ser que enxerga esféricamente a Vida.

Uma energia que caminha junto a essa Potência Criativa é o que nos vedas chama-se ‘Karma-Yoga’ , ‘Karma’ significa ‘Ação’ e’ Yoga’ significa ‘União’. Logo, karma yoga é uma ação levando em conta o estado de unidade do Todo. – o agir intencionalmente sem pensar ou esperar pelos resultados de sua ação; é o fazer o que tem que ser feito, de acordo com a consciência que você tem, dando total atenção e intenção á sua ação e não aos efeitos.

“Estabelecido no Yoga, faça as ações abandonando o apego, e mantenha a mesma atitude frente ao sucesso e ao fracasso. Essa atitude de equilíbrio da mente é Yoga.”

Verso 48 do BHAGAVAD-GITA

O nosso propósito no mundo é adquirir cada vez mais conhecimento- sobre nós mesmos, para então emitir novas informações com base nesse conhecimento- e a vida é um espelho, no qual está tudo interligado, uns refletindo os outros para essa louca experiência de autoconhecimento da consciência.

Quando seu ego se frustra por algo que não ocorreu como queria, ele está negando, ao mesmo tempo ,algo que poderia trazer um grande ensinamento, o que logo proporcionaria novas visões e experiências.

Os ciclos se repetem porque ainda não aprendemos a ver com um olhar holistico todas as coisas. Não fomos ensinados a aprender com a vida. Fomos ensinados a aprender o necessário para sobreviver nela e não experimenta-lá em sua totalidade, vendo o que ela nos trás em seus ciclos de morte e renascimento; quase não falam que somos o Infinito experimentando a Finitude das coisas. Não é o que você vive. É como você percebe o que você vive. Além do Eu está o Eu ‘maior’ que observa e busca aprender com cada coisa vivida.

A lei do Karma diz que ninguém tem o que não merece e ninguém deixa de ter o que merece. Aqui ‘merecimento’ pode ser lido quase como sinônimo de ‘escolha’. ‘Merecemos’ colher o que ‘escolhemos’ plantar.

‘Somos responsáveis pelo que somos e podemos nos converter naquilo que desejamos ser. O que somos agora é resultado de nossas ações passadas.’

Se plantarmos milho, colheremos milho e assim teremos sementes de milho para novamente plantar. Se nos mantivermos inertes, este ciclo sempre se manterá. Mas, se quisermos, poderemos plantar trigo na próxima safra. É difícil romper o ciclo, nos exigirá esforço, nos demandará economia, privação, para juntar recursos para comprar sementes que não temos, estudo e dedicação para aprender os detalhes dessa nova cultura, suor para trabalhar e modificar o solo já acostumado à antiga plantação. Mas é possível. É muito mais difícil do que ficarmos como estamos, mas é possível.

R. C

Comece a observar, você emana suas intenções esperando pelos resultados?

Quando se sentir frustrado e com raiva daquilo que receber – tome consciência dessas sensações e aceite com amor a mensagem que elas te traz. Não consegue enxergar a mensagem? Medite, apenas observe ela passar. A mensagem virá a consciência conforme você treina estar consciente. Busque tirar momentos do seu dia a dia para respirar e estar em silêncio – muitas coisas poderão ser percebidas.

A sua verdadeira e primeira intenção quando escolheu existir foi aprender mais sobre sí mesmo – faça da sua vida uma linda experiência de autoaprendizado, internamente e externamente; explore os potenciais viajando tanto fisicamente quanto aos reinos de sua consciência; medite, observe, integre ou dissolva seu Ego junto á seu Eu que observa e pratica o karma-yoga; se expresse no mundo, seja altruista, veja o uno, e reflita sobre a origem de suas intenções e seus impactos no Campo do Todo.

Com muito Amor e carinho, Ka. 🕉❤

Você também pode gostar...

1 comentário

  1. Paulo Henrique says:

    Gratidão!!! Intenções em natureza pura e desvencilhada dos resultados💜

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *